Ana Paula – Gabriela, seguindo os passos do irmão

Meu nome é Ana Paula sou mãe de dois filhos com síndrome de IRLEN, Gabriela com 10 anos e Luís Felipe 12 anos.

Sem título.png

No depoimento anterior, falei da jornada do Luís até a descoberta dele ser portador da síndrome de Irlen. Agora prometo ser mais breve sobre o depoimento da Gabriela, rsrsrs…

Após concluirmos as adaptações do Luís Felipe ao Irlen, iniciamos o rastreio da síndrome de irlen na Gabriela em dezembro de 2016.

A Gabriela já vinha tendo desempenho ruim e questões escolares nesse último semestre. Havia ficado de recuperação em algumas matérias.

Como soubemos que a síndrome é de caráter familiar, resolvemos fazer o rastreio do Irlen. para ela também. Conclusão: deu positivo.

Após ter o resultado e analisando com mais calma o histórico da Gabriela, ficou claro que as dificuldades dela se iniciaram logo na primeira série escolar, quando começou a alfabetização. Como ela tinha feito a educação infantil em Inglês e com a mudança para o primeiro ano, achávamos que a dificuldade fosse por causa das aulas serem parte em português também.

Quando ela foi para o segundo ano as questões continuaram. Fez alguns reforços escolares com professor particular, e teve acompanhamento com fonoaudióloga recebendo alta em julho de 2016. Porém a alta veio com a recomendação de acompanhamento com psicopedagoga.

No final do ano de 2016, Gabriela fez avaliação neuropsicológica, onde foram detectadas dificuldades nas funções de atenção e demais processos que exigem uma atenção concentrada, seletiva e sustentada para melhor desempenho. Desta avaliação, veio o diagnóstico de TDA leve.

Já no hospital dos olhos em Belo Horizonte, quando do diagnóstico da síndrome de Irlen, toda a equipe e a Dra Márcia foram muitos atenciosos conosco e nos deram um diagnóstico bem detalhado do resultado do rastreio da Gabriela. Ela não possui problema com a visão. A recomendação foi o uso dos filtros na cor da figura abaixo.

img_2844

Estamos ansiosos para que os óculos fiquem prontos logo. Até lá, a Gabriela está usando o overlay e também o papel na cor azul para registro. A escola foi super receptiva ao receber o diagnóstico do irlen e está nos apoiando nas adaptações necessárias.

gabriela.png

 

 

Anúncios