OLHAR DE QUEM SE IMPORTA

Por: Cris Guerra       

Fonte: http://www.crisguerra.com.br/       

Publicado em 19/07/2017       

O diagnóstico e o tratamento da Síndrome de Irlen são relativamente novos no Brasil. Por isso, muitos profissionais de saúde e educação simplesmente fecham os olhos para os sintomas de uma condição que está sendo estudada, diagnosticada e tratada há mais de três décadas em mais de 40 países. Conheça histórias que foram transformadas graças aos estudos sobre a Síndrome e ajude a espalhar a notícia que pode melhorar muito mais vidas. Não é mágica nem milagre, é Neurovisão.

Veja a entrevista

Nenhuma criança pode ser deixada para trás

Anúncios